Quinta-feira, 19 de Fevereiro de 2009

"TOY", O CÃO LIBERTÁRIO

Toy era o nome do meu primeiro cão. Fui buscá-lo ainda bébé, num cesto de verga amarrado no suporte da bicicleta, aos Gordos a casa do senhor Alcides Liberado. O preço foi, por troca directa, uma galinha.

 

A partir daí o Toy passou a ser o meu companheiro inseparável. Lembro-me que ele em bébé era muito teimoso: caminhava sempre a direito batendo por vezes com o focinho nos obstáculos mas, não recebia a pancada de borla. Voltava para trás e ia morder na peça que "se tinha atravessado" no seu caminho para se vingar.

 

O Toy foi crescendo e eu tenho tantas histórias felizes dele, que para contá-las todas, este blogue seria demasiado pequeno.

 

Em casa de meus pais sempre houve muitos animais e uns tinham mais regalias que outros também devido à sua condição "intelectual". De inverno o burro e o cão, que eram muito amigos e os mais inteligentes tinham lugar privilegiado ao sol do pátio.

 

Num solarengo dia de Dezembro, em plenas férias de Natal, fui ajudar o meu pai na poda das vinhas. Normalmente o Toy ía connosco, mas naquele dia, como o meu pai achava que eu não fazia outra coisa senão brincar com o cão e por ser necessário acabar a poda naquele dia, ficou o Toy preso à corrente separado uns bons trinta metros do burro.

 

Acabámos a poda cedo e regressámos a casa antes do anoitecer. Ao chegarmos ao rigueiro, a uns setenta metros de casa, ouvimos o barulho de um burro a zurrar e de um cão a ladrar, mas, num tom que não era habitual! Notava-se que havia ali festa. O ladrar do cão era aquele som que os cães fazem quando estão felizes e o zurrar do burro também deixava adivinhar uma grande alegria.

 

Corri a toda a velocidade para ver o que se passava e, quando abri o portão da rua deparei-me com um espectáculo que mais parecia um número de circo. O Toy e o burro, soltos, a correrem de portão a portão e quando se cruzavam, porque o cão corria mais que o burro, faziam simulações e "fintas" um ao outro e era nessa altura que soltavam os "latidos" e os "zurros".

 

Foi um espectáculo hilariante a que o meu pai e eu assistimos durante um quarto de hora, a espreitar por uma greta do portão de madeira para não estragar a festa.

 

O Toy tinha conseguido soltar-se da coleira que o prendia à corrente e, depois foi soltar o burro, roendo-lhe a corda, desafiando-o para a brincadeira.

publicado por O Contribuinte às 14:22
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
|
Quarta-feira, 18 de Fevereiro de 2009

CASCAIS - CAIXOTES DO LIXO NO CONCELHO

 

 

Cronologia de uma reclamação:

 

De: Autor do blog
Enviada: sábado, 15 de Março de 2008 22:47
Para: Câmara Municipal de Cascais - Gab. Munícipe (Atendimento)
Assunto: Contentores do lixo
 
Fulano (autor do blog),  vem propor a alteração da posição do contentor do lixo em fotografia anexa.
 
Este contentor está mal posicionado, já que obriga as pessoas a colocarem-se na faixa de rodagem para depositar o lixo e sendo esta avenida de tráfego rodoviário muito intenso, existe o perigo de acidentes por atropelamento.
 
Posto isto, proponho que se altere a posição do referido contentor, mais para dentro do passeio,  proporcionando espaço suficiente para accionar facilmente o pedal de levantamento da tampa, sem necessidade de entrar na estrada, evitando riscos de acidente.
 
Sem outro assunto, melhores cumprimentos
(assinado)
 
RESPOSTA:
 
De: linha verde (EMAC)
Data: 17-03-2008 14:05:31
Para: Autor do blog
Assunto: FW: Contentores do lixo xxx
  
Exmos. Senhores,
Na sequência do requerimento/ pedido apresentado por V. Exas. ao Gabinete do Munícipe da Câmara Municipal de Cascais  e posteriormente endereçado aos nossos serviços, vimos pela presente informar que a mesma foi registada nos nossos serviços com a referência xxx
 
Esperamos, tão breve quanto possível, dar uma resposta à situação relatada.
 
Agradecemos, ainda, que em futuros contactos relacionados com este assunto, referencie o nº de registo acima indicado para uma identificação mais célere do processo.  
 
Sem outro assunto de momento e na expectativa de poder continuar a contar com a colaboração de V. Exa., no sentido de nos informar de eventuais situações que comprometam o grau de excelência que pretendemos para os nossos serviços, apresentamos os nossos melhores cumprimentos,
(EMAC - Empresa de Ambiente de Cascais, E.M., S.A.)
 
Mais de dois meses passados, sem uma resposta e sem ver obra feita, resolvi pedir explicações:
  
De: Autor do blog
Enviada: terça-feira, 27 de Maio de 2008 15:01
Para: linhaverde (EMAC)
Assunto: Contentores do lixo xxx
 
Venho por este meio solicitar esclarecimentos sobre o assunto em epígrafe, nomeadamente se o requerido é ou não viável e qual a estimativa do prazo de execução.
 
Sem outro assunto, melhores cumprimentos
(assinado)
 
 
RESPOSTA:
 
 De: linha verde
Data: 27-05-2008 15:29:46
Para: Autor do blog
Assunto: RE: Contentores do lixo xxx
 
 Exmo. Sr.
 
Na sequência da solicitação que V. Exa. nos dirigiu e que agradecemos, vimos pela presente informar que:
 
1.   Efectuamos as diligências necessárias para aferir com a devida propriedade o descrito por V. Exa;
2.    Assim, e após verificação por parte dos N/ Serviços da situação descrita por V.ª Ex.ª, i.e., a proposta de alteração da posição do contentor existente na Av.ª xxx, constatou-se que o contentor se encontra devidamente colocado, com cais e fixadores, afigurando-se a sua localização como adequada e proveitosa para os Munícipes/ Moradores da zona.
 
No entanto, e tendo por base a postura da EMAC relativamente às suas preocupações ambientais e às necessidades dos Munícipes, não queremos deixar de manifestar a nossa inteira disponibilidade para continuar a acompanhar, como temos feito até aqui, esta e outras situações que comprometam o grau de excelência que pretendemos para os nossos serviços.
  
Sem outro assunto de momento, subscrevemo-nos com os melhores cumprimentos,
(EMAC - Empresa de Ambiente de Cascais, E.M., S.A.)
  
 
Respondi que era munícipe e morador da zona, que o contentor tal com estava não me servia e que a responsabilidade por qualquer acidente resultante da utilização do referido contentor deve ser atribuída à EMAC. Não recebi qualquer resposta e hoje o contentor continua tal como na fotografia. É assim pelo no concelho inteiro. Duvido que tenham chegado meia dúzia de reclamações à EMAC. Concelho de acomodados, este!
 
Eu avisei. Tenho provas. Agora a EMAC está neste caso, a servir os seus próprios interesses, não o dos munícipes como é sua obrigação.
 
publicado por O Contribuinte às 00:53
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
|
Domingo, 15 de Fevereiro de 2009

EMIGRAÇÃO CLANDESTINA E INGENUIDADE

No séc. XX, em finais dos anos 20, princípio dos anos 30, o meu avô materno, Benjamim Fatia, ou Benjamim Pêgo como era conhecido lá na aldeia, resolveu emigrar para o Brasil. Mas, naquele tempo não era fácil (nem hoje é) e então alguém lhe indicou um "engajador" que lhe "facilitasse" a viagem. O local de encontro seria  em Lisboa, numa pensão. Ele e um amigo, fizeram as malas e rumaram a Lisboa para se encontrarem com o tal "engajador" que nessa mesma noite os faria embarcar rumo à "terra prometida". Chegaram cedo e como faltavam algumas horas para o encontro resolveram dar uma volta pela cidade onde nunca tinham posto os pés. Ora, o ar de camponês saloio de ambos facilmente chamou a atenção da polícia que os abeirou pedindo-lhes a identificação.

 

- Então os senhores o que é que fazem a estas horas da noite? Estão à espera de alguém?

- Sim. Andamos a fazer tempo até que chegue o engajador que nos vai levar para o Brasil.

 

Escusado será dizer que esta sinceridade lhes custou dois anos de prisão.

publicado por O Contribuinte às 18:01
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Março 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. LIMPAR PORTUGAL NO ZAMBUJ...

. O MALFADADO CONTENTOR DO ...

. DIA DE PORTUGAL, DE CAMÕE...

. ATENTADOS AMBIENTAIS

. ESTREIA DO "PROJECTO 25"

. O CU DO CONCELHO

. "TOY", O CÃO LIBERTÁRIO

. CASCAIS - CAIXOTES DO LIX...

. EMIGRAÇÃO CLANDESTINA E I...

.arquivos

. Março 2010

. Dezembro 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds